Por Luiz Correia
No mundo inteiro nos últimos anos, temos observado crescentes conflitos entre os profissionais taxistas e motoristas usuários de aplicativos que facilitam o acesso ao passageiro.
No Brasil
No entanto, esses aplicativos e seus usuários na condição de motoristas, não sendo regulamentados pelo órgão fiscalizador e gerenciador do serviço, de conformidade com o artº 30 inciso V da Constituição Federal Brasileira, tornam-se praticantes de uma atividade remunerada ilegal.
Muitos dizem, querendo justificar o erro, “que o serviço de táxi precisa melhorar”, “que a concorrência é sempre benéfica” e, alegam até mesmo que os taxistas não podem fazer “reserva de mercado”.
 
O serviço de táxi precisa melhorar?! Sim, claro que precisa. Não apenas este serviço, mas todos os serviços públicos. Nos segmentos de saúde, segurança, justiça, educação entre tantos outros, nas três esferas, municipal, estadual e federal, precisam sim, melhorar urgentemente.
A concorrência é sempre benéfica?! Sim, é fato, desde que não cause nenhum distúrbio no mercado.
Devemos considerar também que já existe uma concorrência interna, entre os profissionais do setor de táxi, a exemplo do que ocorre em outras profissões.
Bons e maus profissionais existem em toda categoria profissional e todos convivem pacificamente respeitando a Lei e a Ordem.
Reserva de Mercado
 
Então, por que uma concorrência que nada entende da profissão de táxi – posto que são profissionais de TI financiados por investidores multinacionais – e tão somente oferecem uma ferramenta que pode ser usada muito bem pelos taxistas, apenas como acessório?
Reserva de mercado? Todos, sem exceção, querem defender os interesses de sua categoria, como exercício regular de sobrevivência. É humanamente compreensível.
Médicos, advogados, administradores, contadores, para citar alguns, são exemplos de reserva de mercado.
Sistema e Ordem
 
O Universo, nós sabemos, funciona com Sistema e Ordem. Então, no Mundo em que vivemos não pode ser diferente. A Natureza não dá saltos. As leis da natureza devem servir de exemplo para nós, seres pensantes.
Tudo feito às pressas, é mal feito, de má qualidade ou causa confusão no ambiente imediato com resultados catastróficos.
Todos temos nossas responsabilidades sociais. Façamos nosso trabalho com muito zelo preservando o status-quo e o melhorando de forma gradual. Caso contrário iremos naufragar no caos, a antessala do Rebu. (sem trocadilho)
História
 
Estamos falando da salvaguarda de uma profissão com mais de 400 anos de atividade. Foi oficialmente criada no século XVII, lá nos anos de 1605, pelo rei Charles I na Inglaterra, com carruagens para transportar passageiros que desembarcavam as margens do Rio Tâmisa.
 
No início do século XIX a excessiva oferta dos serviços, causou muita desordem de natureza econômico-social, sendo necessária a intervenção do estado, que implantou a regulamentação com o advento do taxímetro, daí a caracterização do serviço de Táxi.
 
Atualidades
 
Hoje, querem reinventar a roda com dispositivos móveis distribuídos gratuitamente na internet.
 
E a história se repete: os supostos “anjos financiadores de grandes ideias” conduzem as massas carentes, aqui entendidas como condutores e conduzidos, oferecendo “almoço grátis” – descontos, balinhas e água –   iludindo-os com a promessa de um paraíso logo ali, na próxima esquina.
Os seguidores tornam-se marionetes na expectativa de serem heróis.
Felizmente, com a expansão do conhecimento é possível uma resposta rápida às ameaças que surgem.
Um aplicativo semelhante, com a mesma plataforma e já com algumas m

elhorias, está sendo oferecido aos clientes usuários de táxi, nas lojas on-line do Google Play e App Store.

SINDITAXI/PB é o app oficial da nova versão repaginada da categoria dos taxistas.
INOVAÇÃO
 
Fomos pioneiros em inovação com a criação e uso do taxímetro. Hoje estamos evoluindo para melhorar e não para tumultuar o que já existe. Isto sim, chama-se revolução dirigida com foco nos resultados.
Devemos nos lembrar sempre#somostodospassageiros e precisamos de um táxi.
Enfim, uma instituição são regras que regem uma sociedade ou entidade para atingir determinado objetivo.
O Táxi, cumpre com sua finalidade enquanto instituição criada pelo estado com o fim de atender as necessidades da população. A regulação dos serviços de táxi pelo órgão fiscalizador, é fator determinante na defesa dos interesses da sociedade, dispensando qualquer interferência da iniciativa privada em seu gerenciamento, uso ou mecanismos de controle.